Close

A dificuldade do ser humano em lidar com as suas emoções é normal, e o auxílio de um psicólogo pode constituir uma grande ajuda. Freud, fundador da psicanálise, preconizou que a nossa mente se rege por aquilo que ele denominou de “lei da inércia”. Isto significa que tendemos sempre a evitar entrar em contato com situações e emoções que nos trazem desconforto, incómodo ou dor (física ou mental). Em termos práticos, isso significa que temos tendência a esconder as emoções que nos incomodam. Muitas vezes podemos estar a lutar contra algum pensamento ou afeto desagradável, que insiste em invadir-nos a mente.

O psicólogo está preparado não só para ouvir como para ajudar no domínio das emoções, tanto agradáveis como desagradáveis. O psicólogo irá igualmente orientar a sessão de forma a ir ao encontro de aspetos ou pormenores que por vezes sozinhos teríamos dificuldade em identificar. Nem sempre somos competentes a julgar-nos, embora o ser humano quase sempre acalente a ilusão de que se conhece melhor que ninguém.

Perguntas frequentes

partilhar: