fechar

Autor: Ana Jorge (Nutrihealth Coach na Sublime Care)

Não restam dúvidas de que o sono desempenha um papel muito importante quando se trata de saúde mas, mais do que isso, embora mais horas de sono não evitem que fique doente, uma má qualidade de sono pode afetar negativamente o seu sistema imunitário, deixando-o mais suscetível a uma constipação ou uma gripe.

Sim, a falta de sono pode afetar o nosso sistema imunitário, e a evidência mostra que as pessoas que não dormem o suficiente, ou que não têm um sono de qualidade, têm uma maior probabilidade de adoecer após serem expostas a um vírus, como por exemplo a gripe, sendo que a falta de sono também pode afetar a rapidez com que recuperamos se ficarmos doentes.

É durante o sono que o nosso corpo produz substâncias determinantes na nossa resposta imunitária, sendo que a falta dele poderá levar a uma redução de anticorpos e células que combatem as infecções.

Estudos recentes mostram também que um sono profundo melhora as células imunitárias conhecidas como células T. As células T são um tipo de células do sistema imunitário que lutam contra elementos patogénicos, por exemplo, células infetadas por vírus, como gripe, HIV, herpes e células cancerígenas.

Quando as células do corpo reconhecem uma célula infectada por um vírus, elas ativam as Integrinas, um tipo de proteína “pegajosa”, que permite que elas se liguem e eliminem as células infectadas.

Esta capacidade de se tornarem pegajosas e de se poderem juntar é influenciada negativamente pela produção de hormonas, tais como a adrenalina e noradrenalina (também chamadas de hormonas do stress), e por moléculas pró-inflamatórias (prostaglandinas).

E O QUE TEM A VER O SONO COM ESTAS HORMONAS ?

Durante o sono os níveis destas hormonas e das prostaglandinas descem, permitindo às células T terem níveis elevados de viscosidade. Essa aderência é importante porque para que as células T eliminarem as células infetadas por vírus ou cancerígenas, elas precisam de entrar em contato direto com elas, e a aderência da integrina irá promover esse contato.

Portanto, o nosso corpo precisa mesmo de dormir bem para se fortalecer e poder combater as aversões a que é exposto no dia a dia. Quer mais razões para dormir?

E DE QUANTAS HORAS DE SONO ESTAMOS A FALAR?

A quantidade ideal de sono para a maioria dos adultos é de sete a oito horas de bom sono todas as noites. Os adolescentes precisam de nove a 10 horas, e as crianças podem precisar de 10 ou mais.

Mas atenção, dormir mais nem sempre é melhor, podendo levar a uma desregulação no ciclo normal do sono e prejudicar o ato de adormecer.

O importante é que durma no mínimo o número de horas recomendado para a sua idade, e que sinta que acorda fresco e com a sensação de ter descansado.

Durma, pela sua saúde.

Fontes: https://doi.org/10.1084/jem.20181169

partilhar:
0
    0
    o seu cesto
    o seu cesto está vazioregressar à loja